Lista de Presentes: Pernambucanas

Se tem uma loja que existe em todas as cidades e que, por esse principal motivo, é a escolha de 9 entre 10 casais para ser uma das opções da lista de presente, essa loja é a Pernambucanas.

No meu caso o noivo tem parentes em Bebedouro, interior de SP  e eu tenho parentes no Rio de Janeiro. Além disso, nossa lista de convidados é bem mista, tem pessoas que com certeza vão comprar pela internet e pessoas que com certeza não tem ideia de como se faz isso e então vão comprar em loja física.

Tivemos, portanto, que ter duas opções.

A opção loja física foi preenchida pela tal Pernambucanas.

Como funciona:

Vocês precisam ir até alguma das milhares de lojas espalhadas pelo país faltando no máximo 6 meses para a data do casamento. Em todas as lojas tem um espaço com mesa escrito em cima LISTA DE CASAMENTO. É pra lá mesmo que você vai e explica pro vendedor que vocês querem criar a lista.

O vendedor vai fazer um cadastro com todas as informações e explicar as condições, que são, basicamente: o convidado vai ter acesso a lista em qualquer loja Pernambucanas do Brasil e vai poder optar por comprar o presente e ele mesmo entregar ou comprar o presente e deixar na loja que vocês fizeram a lista e então os noivos é que ficam responsáveis por pegar os presentes.

O valor pode sim ser convertido em créditos para vocês escolherem outras coisas na loja DESDE QUE o convidado tenha optado por não levar o presente na hora.

Terminando o cadastro e com tudo devidamente assinado o vendedor vai te dar uma maquininha para “ticar” todos os produtos que vocês querem adicionar na lista de casamento. Pode a loja toda, menos vestuário e a parte de louças (não sei porque, mas agora não pode mais).

Sim, essa sou eu e só Deus pode me julgar!

GENTE, é a coisa mais divertida do mundo sair ticando as coisas da loja. Sério.

É tão legal que fiz questão de em outro dia ir em outra loja continuar a lista só pra ter esse prazer de novo. Porque sim, você pode depois ir em outra loja e ir completando a lista sem nenhum problema.

Uma coisa legal é que caso vocês tenham pedido alguma coisa que tenha na loja que vocês fizeram a lista mas não tenha na loja que o convidado foi comprar eles reservam mesmo assim o produto, sem dor de cabeça (na teoria).

E é isso gente.

Outro dia venho contar onde fizemos a lista online.

Beijos!

 

 

Comprar ou alugar um imóvel?

A verdadeira resposta seria: tanto faz desde que vocês não morem com a sogra ou com a sua mãe.

Eu sei que a sua sogra pode ser um amor com você e que sua mãe pode ser um amor com o seu noivo mas até mesmo no curso de noivos essa tecla é uma das mais batidas: não case para morar com os pais de nenhum dos dois. Quando vocês casam formam uma nova família que precisam de um espaço só de vocês. Mas isso é um assunto pra outro post.

Claro que o melhor, até porque é um investimento, é comprar um imóvel para começar a vida a dois mais estabilizados e com uma certeza: a casa própria. Porém, está ficando cada vez mais difícil conseguir encontrar imóveis em boas localizações com um preço razoável, além do valor de entrada ser cada vez maior.

Pode ser que vocês demorem anos pra conseguir juntar o valor de entrada e não estejam a fim de esperar tanto tempo assim para começar uma vida a dois.

Primeira opção: comprar um imóvel usado. O valor é menor, não é preciso gastar com reforma ou documentações de um imóvel novo/na planta e geralmente o valor de entrada é menor. Além do que, morar onde outras pessoas já moraram antes pode evitar surpresas de imóveis novos como algo mal instalado, etc.

E não tem vergonha nenhuma em comprar/morar em um imóvel usado. Aqui na minha cidade, por exemplo, se você quiser morar em um bairro bom é preciso comprar um imóvel usado porque já não há mais terrenos livres.

Segunda opção: morar de aluguel até ter dinheiro suficiente para dar de entrada em um imóvel próprio. Mas vale lembrar que nesse caso o casal tem que ter muita disciplina, maturidade e responsabilidade para guardar realmente dinheiro enquanto está morando de aluguel. Tem que esquecer luxos, compras com cartão de crédito, saídas, etc.

Somente economizando e guardando dinheiro será possível sair do aluguel e finalmente ter uma casa própria. O valor do aluguel tem que ser baixo e compatível com a renda dos dois, já que vocês terão todas as despesas de uma família, a despesa com o aluguel e além disso, tem que guardar dinheiro para a entrada do novo lar.

E vocês noivinhas, em qual situação estão? ❤

Estamos no Instagram {@casandinho}

Siiiiiiiim, resolvi tomar vergonha na cara e levar o blog pro instagram. Quem tiver, por favor, segue lá @casandinho e veja sempre fotos inspiradoras de casamento, chás, noivado, enxoval, enfim… Tá muito legal, de verdade.

É legal vocês seguires lá, curtirem a fan page e acompanharem por aqui porque apesar do tema ser o mesmo (casamento) as informações são diferentes. Na fan page rola sempre um grupo de fotos para salvar na pastinha de inspirações, no instagram rola frases bonitas, penteados, makes, vestidos e por aqui rola mais conteúdo escrito mesmo.

Espero que vocês gostem ❤

IMG_8089

{como foi} Curso de Noivos

Como já tinha comentado com vocês, nos dias 01 e 02 de novembro nós fizemos o curso de noivos, que é obrigatório caso você vá se casar na igreja católica. Nas igrejas evangélicas acredito que cada uma tenha a sua própria regra, vale dar uma perguntada pro pastor 🙂

Eu estava morrendo de ansiedade, nossa, ficava pensando em como seria porque todo mundo falava que conhecia alguém que tinha desistido de casar depois que participou desse curso. eu não estava com medo de desistir, mas estava muito ansiosa pra saber o motivo. E soube, logo no primeiro dia.

O nosso curso durou dois dias: sábado das 13h30 até 19h e domingo das 7h30 até 18h. Sábado tivemos lanche da tarde e domingo tivemos café da manhã, almoço e café da tarde.

A taxa foi de R$50 por casal e não foi necessário fazer o curso na paróquia que vamos casar. Fizemos perto de casa mesmo, na Paróquia Espírito Santo (Jd. Satélite). Se você quiser saber onde tem perto da sua casa em São José dos Campos é só clicar aqui ou entrar no site da paróquia da sua região, porque a do Satélite, por exemplo, não entra nessa lista, eu tive que ligar direto na secretaria dela (pra saber o telefone da secretaria da sua paróquia, clique aqui).

Aqui na minha cidade o curso não tem data de validade, você só precisa fazer outro se mudar de noivo/noiva, por motivos óbvios né? hahaha

PRIMEIRO DIA

Chegamos, tivemos que tirar uma foto de casal, pegamos uma pastinha com a programação do curso, nossos crachás, ganhamos uma garrafinha de água, pirulito de coração e fomos sentar, com lugares marcados.

Palestras:

– Família no Plano de Deus / Vocação e Amor

– Sacramentos

– Características Masculinas e Femininas

– Vícios e suas Consequências

SEGUNDO DIA

O domingo começou mega cedo, com a missa das 7h30. Nunca vi tanto jovem errando o ritmo da palma como nesse dia hahaha Depois fomos tomar café e começou a séria de atividades do segundo e último dia.

Palestras:

– Paternidade e Maternidade Responsável

– Planejamento Familiar

– Harmonia Conjugal

– Valor da Vida Humana

– Vivência na Comunidade

A palestra que mais gostei, foi a mais forte, e que não lembro o nome porque (por algum erro) ela não estava no nosso cronograma. Nessa palestra o Angelo deixava bem claro que era melhor a gente desistir durante o noivado do que somente depois do casamento. Que se a gente tem um problema já hoje esse problema se tornará maior depois do casamento e que o vício e “defeitos” do outro não iria mudar depois de casado, muito pelo contrário, iria piorar.

A palestra que menos gostei foi a de planejamento familiar onde foi explicado o método de ovulação billings que eu, particularmente, não gostei e não pretendo aderir em nenhum momento da vida. Mas vai que pra alguma de vocês é interessante, então já deixei aí o link que explica direitinho sobre o que se trata.

O curso foi maravilhoso, maravilhoso mesmo! Nosso amor ficou ainda maior, os palestrantes fazem você perceber ainda mais porque você ama seu companheiro e saí de lá renovada com todas as orações, palavras, enfim, foi uma verdadeira benção nas nossas vidas e nos uniu (se possível haha) ainda mais.

No fim recebemos um certificado que devemos entregar na paróquia que vamos casar quando formos entregar todo o restante da documentação.

E é isso 🙂 Quem mais já fez o curso? ❤

 

 

 

 

 

 

O que preciso contratar para o casamento?

Acho que essa é uma das maiores dúvidas de toda noivinha. É tanta coisa que a gente acha que não vai dar conta e muitas vezes a gente não sabe por onde começar (pra isso tem um post aqui, passo a passo) e muitas vezes também não sabemos exatamente o que precisamos contratar.

Resolvi fazer uma listinha e dar mini explicações de para que serve cada coisa. Alguns são essenciais, outros não, mas vai depender do seu tipo de casamento e do seu orçamento.

wedding

– Buffet: você vai precisar escolher entre buffet ou cozinheiro(a). Ambos cobram por pessoa e é um dos itens que você mais tem que tomar cuidado ao escolher. A comida vai fazer a sua festa ser uma delícia ou um fracasso.

Você também precisa escolher entre coquetel, jantar, massas, pizza (sim, pizza), crepe, brunch… tudo isso interfere no valor. Tanto o cozinheiro como o buffet TEM QUE TER excelentes indicações.

– Decoração (cerimônia/recepção): eu tive a sorte de fechar um buffet que já está incluso no valor a decoração da recepção, mas, caso você feche somente o buffet vai ter que desembolsar uma graninha com um decorador também. Geralmente o valor é bem elevado e por isso as noivinhas marcam várias reuniões e pedem bastante orçamentos.

Decoração da igreja também é um parto. O lado bom é que geralmente a decoração é neutra por causa das outras noivinhas que vão dividir a decoração com você. No meu caso, a igreja não permite ter mais que uma floricultura por dia, ou seja, meu casamento será o primeiro do dia e as outras todas vão ter que dividir a decoração comigo ou ficarão sem.

– Fotógrafo: na minha opinião também é um dos itens mais importantes do seu casamento. As fotos vão ficar pra sempre e se você não escolher um bom profissional vai se arrepender pro resto da vida. Fique MUITO atento porque nesse mercado existem mil valores diferentes pelo mesmo trabalho, então, pesquisei muuuuuito, marque reuniões, confira o serviço e veja se o custo x benefício está bom. Ah, fique atenta também se o álbum está incluso no valor do serviço e qual o tamanho.

– Filmagem: confesso pra vocês que já tinha riscado esse item da minha lista, não queria filmagem. Até que meus pais e outras noivinhas e casadinhas me convenceram a fechar sim. Eu achava antes que foto já bastava. Pra que filmagem? Eu te explico: a noiva não vai ver praticamente nada da cerimônia porque é a última a entrar. Ela não vai ser a reação dos convidados em nenhum momento porque estará de costas. Ninguém tem foto só dos convidados no álbum. A filmagem pega as emoções em movimento. É o riso todo, o choro inteiro e não somente o momento paralisado, como nas fotos.

Hoje em dia filmagem não é mais um vídeo chato igual antigamente. Existem vários traillers, momentos que dá pra escolher, então a gente quase não vê o casamento inteiro. Só se quiser mesmo.

– Músicos Cerimônia: esse foi o gasto que mais doeu no meu coração até agora, porque assim, os casamentos hoje em dia duram uns 45 minutos e você paga beeeem caro por uma orquestra/músicos. E não pode ser qualquer um, se não você também vai se arrepender pro resto da vida. Dei uma dica super legal de como economizar nessa parte nesse post aqui. Tem uns que cobram no mínimo  R$5.000 e não rola pra minha pobreza.

– DJ ou Banda: Essa foi uma escolhe super fácil pra gente porque nunca pensamos em ter banda na recepção, somente DJ mesmo, pra ter baladinha, ter mais opções de músicas e tudo mais. Conseguimos um DJ super bom da nossa cidade (vou falar dele e dos outros fornecedores em outro post) e fechamos. Acho que foi a primeira coisa que fechamos pro casamento, inclusive. É preciso ficar muito esperto quando se contrata DJ porque existem de todos os valores, mas você precisa ver os equipamentos e estar presente em alguma festa do dito cujo pra ter certeza do que você tá fechando. Não adianta pagar R$400 em um DJ e ele ter um equipamento de som pior que o seu sobrinho adolescente. Pense nisso.

– Salão (local da festa): Prepare o bolsinho, é uma das coisas que mais dá dó de gastar o nosso suado R$ e também é bem difícil de encontrar algum que realmente agrade em todos os quesitos. Quase chorei escolhendo um salão. Aqui em São José dos Campos o custo médio de um salão BOM é de R$2.500.

– Convites: muitas noivinhas estão fazendo os próprios convites (vou falar disso aqui no blog outro dia) mas, caso você não queira colocar a mão na massa vai ter que pesquisar e ver onde vale mais a pena encomendar os seus. no Elo7 tem várias opções, acho que vale a pena dar uma olhada. E ah, lembre-se que a maioria das pessoas joga o convite fora antes mesmo da data do casamento chegar, então tente não gastar muito com convites cheio de fru fru, ninguém liga, só a noiva mesmo hahaha

 – Lembrancinhas: é basicamente a mesma coisa dos convites, se você não for fazer vai ter que procurar algum fornecedor. Vale também o bom e velho bem casado.

– Topo de Bolo: Ai gente, confesso que é uma coisa que eu não ligo, não faço a menor questão e quero gastar o menos possível. Quem liga pra topo de bolo gente? Só os noivos, ninguém nem repara hahaha Mas né, quem for ter tem que encontrar um fornecedor.

– Roupas: tem o vestido de noiva, a roupa do noivo e as roupas dos pajens, daminhas e floristas. Por mais que não vá ser você que vá pagar o traje dos pequenos é sempre bom você orientar na escolha pra não chegar uma criança vestida de jardineira jeans entrando na igreja no seu grande dia.

– Igreja: já falei das igrejas aqui. Você tem que reservar a data nela então é melhor fazer isso o quanto antes e assim que possível. Se você for casar no salão/chácara tem que entrar em contato pra saber se o diácono/pastor vai poder realizar o casamento na data/horário que vocês querem.

Dia de Noiva: hoje em dia os salões estão cada vez mais disputados. É bom você fechar o quanto antes pra não correr o risco de não ter mais a data que você quer naquele profissional ótimo da sua cidade. E atenção: pacote de noiva é uma faca no coraçãozinho do assalariado, se prepare.

– Assessoria/Cerimonialista: é um item completamente opcional que fazem você acreditar que é indispensável. Fiquem atentas que falarei sobre isso por aqui também.

Acho que é isso meninas, se faltou alguma coisa me alertem 🙂