Comprar apê da MRV? Nãããão!

Nesse post eu vou contar a minha experiência com a MRV, construtora conhecida em todo país, principalmente pelos seus problemas, digo, preço baixo! hahaha

Quando comecei a procurar apê pra comprar (em 2011,se não me engano – ainda nem sonhava em conhecer o noivo haha) fui em vários empreendimentos aqui na minha cidade, São José dos Campos.  Sem dúvida nenhuma a empresa que mais oferecia benefícios e com o menor valor era a MRV. Conheci o empreendimento, estava dentro do orçamento, gostamos e resolvemos deixar de lado aquele má fama da empresa e começar a fechar o negócio com eles.

Foi aí que os problemas começaram.

Eu sou formada em Direito (na época ainda estava na faculdade) e meu pai é contador, logo, ambos somos muito acostumados com contratos e papeladas burocráticas. Quando o contrato chegou percebemos algo muito estranho: o responsável pelo contrato era o próprio empreendimento e não a MRV, aliás, a MRV não aparecia em MOMENTO NENHUM no contrato, como responsável por nada. Ou seja: se desse algum problema e eu precisasse processar alguém teria que processar o empreendimento e não a construtora.

Entramos em contato com a corretora, ela ficou de verificar e depois retornou dizendo que era isso mesmo e que não poderia alterar nada. Eu estava com toda documentação necessária na mão, inclusive com os contratos para assinar. Resolvi pesquisar mais sobre a MRV aqui na minha cidade e descobri que o maior problema dela aqui era não conseguir habite-se junto a prefeitura porque o pé direito não era da altura segura que era exigida. Ou seja: sem habite-se, sem chave, sem ter como mudar para o apartamento.

Anos depois o marido de uma conhecida começou a trabalhar pra MRV e descobrimos que eles pagam o pedreiro por apartamento entregue, ou seja, eles fazem tudo correndo, meio de qualquer jeito, pra poder ganhar mais no fim do mês e que se dane o pé direito, o acabamento, a segurança… e com isso a empresa vai transformando muitos sonhos em pesadelos.

Hoje em dia se você pesquisar no Reclame Aqui ou no Facebook vai ver várias páginas de reclamação, tanto de quem não consegue a chave para se mudar como de pessoas que conseguiram se mudar mas estão com os apartamentos caindo aos pedaços de tão porco que é o acabamento, mesmo com meses de uso.

Eu desisti de comprar um MRV e jamais aconselho ninguém a comprar um.

Pra quem tiver curiosidade: acabei comprando um da Construtora Reflora que me entregaram ANTES do previsto. Não me arrependo e aconselho a todos que fiquem MUITO atentos com a MRV. O barato pode sair muito caro.

Anúncios

11 comentários sobre “Comprar apê da MRV? Nãããão!

  1. Que bom ouvi seu conselho. Não gosto muito da MRV pelo fato de não saber dividir corretamente a planta (visitei decorados e o quarto por exemplo, não tem espaço para locomoção, um absurdo). Agora com seu post, com certeza não comprarei um imovel da MRV.

    Beijo Dai, sucesso :*

    Curtir

  2. Amei o post!!!
    Hoje mesmo estava conversando com um corretor da MRV! Sempre soube de todos os problemas, mas como os apartamentos oferecidos por eles são os de menor valor do mercado, resolvi ir atrás para ver.
    Agora ficarei mais atenta e procurarei outras construtoras, afinal o barato pode sair muito caro!
    Ah, adoro seu blog e amo suas dicas!
    Que Deus abençoe o blog e seu noivado!
    =)

    Curtir

    • Você fez a mesma coisa que eu: eu também fui atrás, pq a gente acaba pensando “mas estão fazendo tanto prédio” né? hahaha
      Graças a Deus encontrei a Reflora, não sei o valor deles agora, mas na época foi um valor muito bom pela localização + apê e ainda entregaram meses antes do prazo.
      Deus te abençoe tb ❤

      Curtir

      • hahaha exatamente! Com tanto prédio espalhado por São José você até acredita da credibilidade da construtora!
        Vou entrar no site da Reflora para dar uma olhada, pois estou procurando apartamento preferencialmente na Zona Sul…obrigada pela dica!

        Curtir

  3. Uma vez peguei um ônibus com uma doméstica em Taubaté, e ela começou a me contar a história de vida dela. O bendito do namorado da moça era pedreiro da MRV e morava no Maranhão, ela me contou que eles “importam” mão de obra de lá para região do Vale em São Paulo por que lá eles não têm muito trabalho e aceitam receber menos do que pedreiros daqui.
    Ela me disse que ele chegava a receber 50 mil pelas construções, mas que todos eles dormiam na obra e faziam isso mesmo que a Dai comentou, acabavam rapidinho para voltar para casa com um montante que lá vale uma fortuna.

    Curtir

    • É um absurdo isso né? E eu fico imaginando o perigo que é morar em um prédio que é construído dessa maneira. Ninguém da empresa está preocupado com segurança, somente com dinheiro.
      Tem prédios novíssimos já com rachaduras, infiltração, peças caindo, é um perigo.

      Curtir

  4. Deus meu. Eu e meu namorido estávamos pensando em visitar um empreendimento da MRV em Curitiba. Já tenho noção dos atrasos na entrega por parte da empresa..mas essa de que eles deixam a segurança de lado… eu não sabia =O . to chocada!

    Curtir

  5. Pingback: Tudo sobre o meu apê | Casandinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s